Divino de São Lourenço

Habitada inicialmente por índios puris, a região foi ocupada no século XIX por desbravadores vindos da Província de Minas Gerais, que implantaram a cultura do café na região. Inicialmente, a mão de obra utilizada foi a escrava. Com a abolição da escravatura em 1888, a mão de obra passou a ser constituída por trabalhadores europeus e asiáticos, principalmente italianos. O nome inicial da vila, formada por doação de terras de João Vicente Soarespara a Igreja Católica, era Imbuí, termo de origem tupi antiga que significa "rio das cobras" ou "rio dos imbus". A vila, junto com Ibitirama, Ibatiba, Iúna e Irupi, formava as cinco localidades começando com "i" da região. Em 5 de junho de 1964, foi criado o município de Divino de São Lourenço. O nome é uma junção de "Divino Espírito Santo" (expressão que constava na escritura das terras que formaram a cidade) e "São Lourenço", o padroeiro da cidade.

Atrativos naturais de
Divino de São Lourenço:

  • Cachoeira Alta
  • Cachoeira da Vó Tuti
  • Cachoeira do Arco-Íris 
  • Baixada Limo Verde (visão panorâmica) 
  • Cachoeira do Granito 
  • Jardim de Gaia

Galeria de Fotos